Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2018 > Julho > Estoque da dívida pública totaliza R$ 3,754 trilhões em junho

Notícias

Estoque da dívida pública totaliza R$ 3,754 trilhões em junho

Tesouro Nacional

Secretaria do Tesouro Nacional apresentou o relatório mensal da dívida nesta quarta-feira (25) em coletiva de imprensa
publicado: 25/07/2018 16h43 última modificação: 25/07/2018 18h49

O estoque da Dívida Pública Federal apresentou aumento de 1,01%, passando de R$ 3,716 trilhões, em maio, para R$ 3,754 trilhões, em junho. A variação ocorreu devido à apropriação positiva de juros, no valor de R$ 38,04 bilhões, descontado parcialmente pelo resgate líquido, no valor de R$ 0,41 bilhão. Os números de junho foram apresentados nesta quarta-feira (25), em coletiva de imprensa no Ministério da Fazenda.

Emissões e resgates

No mês de junho, as emissões da Dívida Pública Federal corresponderam a R$ 22,56 bilhões, enquanto os resgates alcançaram R$ 22,96 bilhões, resultando em resgate líquido de R$ 0,41 bilhão, sendo R$ 0,58 bilhão referente à emissão líquida da Dívida Pública Mobiliária Federal interna - DPMFi e R$ 0,98 bilhão, ao resgate líquido da Dívida Pública Federal externa - DPFe.

Leilões extraordinários de títulos públicos

Entre os dias 28 de maio e 29 de junho de 2018, o Tesouro Nacional realizou leilões extraordinários de compra ou de compra e venda de NTN-F, NTN-B e LTN. No total, foi efetuado um resgate líquido de R$ 19,1 bilhões. Durante períodos de alta volatilidade no mercado financeiro, o Tesouro Nacional pode realizar leilões extraordinários com o objetivo de fornecer suporte ao bom funcionamento desse mercado. Essa estratégia tem sido utilizada pelo Tesouro Nacional e encontra respaldo no Plano Anual de Financiamento (PAF) de 2018.

Programa Tesouro Direto

As emissões do Tesouro Direto em junho atingiram R$ 1,349 bilhões, enquanto os resgates corresponderam a R$ 1,160 bilhões, o que resultou em emissão líquida de R$ 188,88 milhões. O título mais demandado pelos investidores foi o Tesouro Selic, que respondeu por 39,94% do montante vendido. O estoque do Tesouro Direto alcançou R$ 48.832,60 milhões, o que representa um aumento de 1,46% em relação ao mês anterior.

Detentores

O grupo Previdência apresentou variação positiva em seu estoque, passando de R$ 892,35 bilhões para R$ 900,59 bilhões, entre maio e junho. A categoria Instituições Financeiras também aumentou seu estoque em R$ 14,84 bilhões, passando de R$ 799,83 bilhões para R$ 814,68 bilhões. Os Fundos de Investimento reduziram seu estoque em R$ 5,42 bilhões, alcançando R$ 957,09 bilhões em junho.

Os não residentes, por sua vez, apresentaram elevação de R$ 3,16 bilhões em seu estoque. O grupo Governo elevou ligeiramente sua participação, passando de 4,31% para 4,38% e o estoque das Seguradoras encerrou o mês em R$ 140,12 bilhões.


Multimídia


25/07/2018 Tesouro divulga Relatório Mensal da Dívida de junho