Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 1998 > Fazenda reduz alíquotas do IOF

General

Fazenda reduz alíquotas do IOF

publicado: 09/07/1998 00h00 última modificação: 26/05/2015 16h50
Notas Oficiais

09/07/1998


Fazenda reduz alíquotas do IOF


O Ministério da Fazenda anunciou hoje (09.07) a redução das alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras – IOF. O anúncio foi feito pelo secretário-executivo do Ministério, Pedro Parente, em conjunto com o secretário da Receita Federal, Everardo Maciel, e com o secretário-executivo da Câmara de Comércio Exterior, José Roberto Mendonça de Barros.

De acordo com Parente, a medida se aplica a operações financeiras cujo mutuário seja pessoa física, em dois casos: crédito bancário e financiamento de imóveis não-residenciais. No caso do crédito bancário, a alíquota passa de 15 para 6%. Para o segundo caso, a alíquota cai de 6 para 1,5%.

Os efeitos mais esperados pela equipe econômica são o alongamento do prazo médio de financiamentos e o aumento do número de financiamentos concedidos pelo mercado. O impacto dessa redução, do ponto de vista econômico, "é facilitar a expansão da demanda, especialmente a de bens duráveis de consumo, que são os que mais se utilizam do crédito ao consumidor, e gerar um aumento de operações", afirmou Mendonça de Barros. Segundo ele, se o aumento da demanda estiver entre 4 e 5%, o que deixa de ser recolhido com a redução do IOF não comprometerá a arrecadação, já que haverá um aumento de vendas e de recolhimento de outros impostos.

"Para o cidadão comum, o que mais interessa é que, com a nova medida, ele terá condições de comprar com prestações menores e não correrá os riscos de outros mecanismos, como os cheques pré-datados", explicou Pedro Parente.

 

Ministério da Fazenda Esplanada dos Ministérios - Bloco P - 70048-900 - Brasília - DF - Pabx: (61)412-2000/3000 - Fax: (061)226-9084