Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 1998 > Investidor ganha cartilha de orientação e defesa

General

Investidor ganha cartilha de orientação e defesa

publicado: 06/04/1998 00h00 última modificação: 26/05/2015 16h50
Notas Oficiais

06/04/1998


Investidor ganha cartilha de orientação e defesa


O ministro da Fazenda, Pedro Malan, disse hoje (06.04) que a estabilização da economia gera uma tendência crescente de investimento no mercado de capitais, principalmente por parte dos pequenos e médios investidores. A declaração foi feita durante a apresentação oficial ao ministro do Programa de Orientação e Defesa do Investidor - Prodin, desenvolvido pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM. O Prodin tem por objetivo orientar e proteger os pequenos investidores, ensinando-os como aplicar com segurança e como defender-se de possíveis fraudes e práticas irregulares no mercado de valores mobiliários. A principal iniciativa do Programa é a implantação de uma central de atendimento ao investidor, com discagem direta gratuita, e a distribuição de um guia de orientação e defesa.

Leia a seguir o que disse o ministro Malan aos jornalistas:

Sem revisão do autor

Pergunta - O senhor espera que haja uma popularização dos investimentos no mercado de capitais?

Ministro - Eu não tenho dúvidas de que essa é a tendência natural, à medida que nós sejamos capazes de manter, e eu estou convencido de que seremos, a estabilidade do poder de compra do Real. A inflação baixa é uma maneira para o desenvolvimento de mercado de capitais no Brasil como em qualquer lugar do mundo.

Pergunta - O brasileiro está preparado para poupar?

Ministro - Eu acho que as indicações é de que cada vez mais tem havido um aumento gradual da poupança privada no Brasil. Acho que ela terá continuidade com esse tipo de estímulos, mecanismos e orientação do pequeno investidor, que a CVM em boa hora inicia.


Ministério da Fazenda Esplanada dos Ministérios - Bloco P - 70048-900 - Brasília - DF - Pabx: (61)412-2000/3000 - Fax: (061)226-9084