Você está aqui: Página Inicial > Biblioteca > Histórico

Histórico

Logomarca da Biblioteca do MF

Histórico das Bibliotecas do MF

A primeira biblioteca do Ministério da Fazenda (MF) está localizada na cidade do Rio de Janeiro, na Superintendência de Administração (SAMF/RJ). Criada pelo Decreto-Lei nº 6.159, de 30 de dezembro de 1943, está atualmente vinculada à Gerência de Logística da SAMF/RJ.

A criação das demais bibliotecas é resumida na tabela abaixo:

SAMFBiblioteca criada emPortariaSAMF extinta em 1998?Biblioteca extinta em 2012?
Acre1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Alagoas1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Amapá--Sim-
Amazonas1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Bahia1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Ceará1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Distrito Federal1961Portaria 189, de 10/05/1961NãoSim
Espírito Santo1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Goiás1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Maranhão1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Mato Grosso1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Mato Grosso do Sul1992Portaria 436, de 09/07/1992Sim**
Minas Gerais1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoNão
Pará1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Paraíba1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Paraná1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Pernambuco1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Piauí1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Rio de Janeiro1943Decreto-Lei 6.159, de 30/12/1943NãoNão
Rio Grande do Norte1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Rio Grande do Sul1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Rondônia1982Portaria 242, de 17/11/1982Sim**
Roraima--Sim-
Santa Catarina1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
São Paulo1975Portaria 413, de 03/11/1975NãoSim
Sergipe1975Portaria 413, de 03/11/1975Sim**
Tocantins----
**As Delegacias de Administração que foram extintas em 1998 voltaram à estrutura orgânica em 2001 com o nome de Gerência Regional de Administração, porém em nenhuma delas a biblioteca foi reativada.

Em 2012, diante de fatores como a crescente digitalização de livros e periódicos, o avanço da tecnologia e das soluções multimídia e a escassez de recursos financeiros, a Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração (SPOA/MF) optou por reestruturar as Bibliotecas do Ministério da Fazenda (BMF), movimentando os acervos, exceto o de Minas Gerais, para a Biblioteca sediada no Rio de Janeiro.

A BMF/RJ foi o local escolhido para centralizar o acervo bibliográfico do Ministério por ser a mais antiga e com maior concentração de obras raras e de importância conteudista. O espaço reúne cerca de 150 mil volumes, com mais de 2.500 títulos raros, de inestimável valor histórico.

Diante do resultado final do projeto de reestruturação das bibliotecas, foi publicada a Portaria SPOA/MF nº 510, de 29 de outubro de 2013, que estabeleceu como polos centralizadores do acervo bibliográfico do MF as unidades instaladas nos Estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. A BMF/MG é especializada na área jurídica, e o seu acervo bibliográfico perfaz um total de 11.543 volumes inseridos no Sistema Pergamum – ferramenta de cadastro, controle e pesquisa de acervo bibliográfico. Atualmente, são três os polos: BMF/MG, BMF/RJ e Biblioteca da Escola de Administração Fazendária (ESAF), de acordo com a Portaria SPOA/MF nº 488, de 04 de dezembro de 2014.