Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Atuação internacional > Fundo Verde do Clima > Notícias > Oficina regional da Estratégia do Brasil para o GCF - Eixo Cidades e Comunidades Resilientes

Notícias

Oficina regional da Estratégia do Brasil para o GCF - Eixo Cidades e Comunidades Resilientes

Discussão foi realizada em Recife, no último dia 20 de novembro.
publicado: 04/12/2017 18h55 última modificação: 20/06/2018 17h27

No dia 20 de novembro de 2017, foi realizada pela Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda (SAIN/MF), no papel Autoridade Nacional Designada(AND) para o Fundo Verde do Clima (GCF), a primeira Oficina para Discussão da Estratégia do Brasil para o GCF. A oficina ocorreu em Recife e contou com a presença de representantes da sociedade civil, do setor privado, e de órgãos públicos nacionais e subnacionais.

O documento-base para discussão da Estratégia está dividido em três eixos principais, quais sejam: Agricultura e Florestas; Infraestrutura Sustentável; e Cidades e Comunidades Resilientes. As temáticas foram distribuídas a cada região tendo em vista a maior relevância de cada Eixo Estratégico para a realidade local e o potencial para a obtenção de subsídios pela AND. Nesse sentido, a Oficina realizada em Recife teve o foco em Cidades e Comunidades Resilientes.

A oficina foi estruturada com o objetivo de engajar os participantes na discussão do documento-base da Estratégia; com esse intuito, na parte da manhã, foram realizadas apresentações cujo objetivo era contextualizar a discussão. Primeiramente, foi realizada uma apresentação por Marco Aurélio Araújo, representante da SAIN/MF, detalhando o Fundo Verde do Clima e o papel da SAIN como Autoridade Nacional Designada. Em seguida, Nelcilandia Pereira, do Ministério do Meio Ambiente, realizou uma apresentação acerca da Política Nacional sobre Mudança do Clima, em especial a Contribuição Nacionalmente Determinada – NDC.

Na sequência, foram realizadas duas apresentações cujo objetivo era discutir o Papel das Entidades Acreditadas no GCF – os palestrantes foram Edgar Salinas, do Banco de Desenvolvimento da América Latina/CAF, e Morenno de Macedo, da CAIXA. A última apresentação foi realizada por Thatyanne Gasparotto, consultora contratada pela AND, e tinha como objetivo apresentar o documento-base para discussão da Estratégia do Brasil, com ênfase no Eixo Cidades e Comunidades Resilientes.

Ao final da manhã, foi realizada uma mesa redonda com a participação de Mariana Nicolletti (representante da Iniciativa Empresas para o Clima), Carlos Maurício Guerra (representante da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Recife), Antônio Barbosa (representante da Articulação Semiárido Brasileiro – ASA) e Denise Seabra (representante do Ministério das Cidades), mediada por Érico Rocha (SAIN/MF), que deu início ao debate entre os participantes, aprofundando a discussão sobre o documento.

Por sua vez, na parte da tarde, foi realizada uma discussão em formato de world café, com o auxílio da moderadora Socorro Oliveira, para recolher comentários e sugestões de melhoria para o documento-base. Seguem abaixo algumas fotos da oficina de Recife. Todas as apresentações realizadas no evento, bem como a agenda da oficina, estão disponíveis aqui.


1_marco_recifejpg

Marco Aurélio Araújo (Ministério da Fazenda).

2_nelly_recife.jpg

Nelcilandia Pereira (Ministério do Meio Ambiente).

3_caixa_recife.jpg

Morenno de Macedo (Caixa Econômica Federal).

4_mesa_recife.jpg

(Da esquerda para direita) Mariana Nicolletti (Iniciativa Empresas para o Clima), Carlos Maurício Guerra (Prefeitura de Recife),  Érico Rocha (Ministério da Fazenda), Denise Seabra (Ministério das Cidades) e Antônio Barbosa (Articulação Semiárido Brasileiro – ASA).

5_world café_recife.JPG

Grupo durante a dinâmica de World Cafe.

6_grupo_recife.jpg

Encerramento.