Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Atuação internacional > Fundo Verde do Clima > Notícias > AND Realiza Evento - GCF no Brasil: Entidades Acreditadas e Perspectivas

Notícias

AND Realiza Evento - GCF no Brasil: Entidades Acreditadas e Perspectivas

Evento foi realizado em Brasília, no último dia 21 de novembro.

publicado: 23/11/2018 10h33 última modificação: 23/11/2018 10h59

No dia 21 de novembro, a Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda (SAIN/MF), Autoridade Nacional Designada (AND) para o Fundo Verde do Clima (GCF), realizou evento para apresentar o Programa País do Brasil para o GCF,  as entidades brasileiras que foram acreditadas na 21ª Reunião do Conselho Diretor do Fundo - Caixa e Funbio, bem como as perspectivas para o ano de 2019. O evento realizado em Brasília contou com a presença de representantes da sociedade civil, setores público e privado.

A abertura do evento foi realizada pelo Secretário de Assuntos Internacionais, Marcello Estevão, que parabenizou Caixa e Funbio pelo sucesso na acreditação. Destacou o empenho das instituições diante de um processo longo e ressaltou que a acreditação ao Fundo é o reconhecimento da alta capacidade de gestão dessas instituições brasileiras, conforme os mais exigentes padrões internacionais.

Marcello Estevão também falou da convergência das atividades da AND e do GCF com as prioridades do Ministério da Fazenda e do governo como um todo.

Em seguida, Marco Aurélio dos Santos Araujo, Coordenador da SAIN/MF apresentou o Programa País do Brasil para o GCF, considerando o seu processo de construção e seus eixos estratégicos e áreas de investimento.

Fabio Leite realizou apresentação em nome do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). O objetivo de sua apresentação foi descrever o processo de acreditação e indicar as possibilidades diante ao GCF.  Destacou que o Funbio tem grande alinhamento com o primeiro eixo do Programa País – Agricultura e Florestas –, e que futuros projetos devem estar no âmbito deste eixo.

Em nome da Caixa, Fabrício de Andrade Lebeis, Superintendente Nacional da área de Negócios de Infraestrutura e Saneamento, juntamente com Morenno de Macedo e Felipe Teles, apresentou o processo de acreditação da instituição. Também discorreram sobre as áreas em que a Caixa espera poder atuar junto ao Fundo, destacando a necessidade de recursos para o desenvolvimento de infraestrutura sustentável no Brasil, e a potencial sinergia entre o acesso ao GCF e o Fundo de Apoio à Estruturação de Projetos de Concessão e PPP - FEP CAIXA.

Logo após, Naya Toffanello (Caixa) e Júlia Conter (Banco Mundial) realizaram apresentação sobre o primeiro projeto brasileiro aprovado pelo GCF – o Financial Instruments for Brazil Energy Efficient Cities – FinBRAZEEC. Foi apresentado o objetivo do projeto, expectativas e a sua estrutura, que conta com o Banco Mundial como entidade acreditada e a Caixa como entidade executora e que receberá o aporte de USD 195 milhões do GCF. 

Por fim, foi realizada uma mesa redonda composta por Marco Aurélio Araujo (SAIN/MF), Sonia Regina Bittencourt (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - MCTIC), Vivian Machado dos Santos  (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES) e Raphael Stein (BNDES).

Vivian Machado dos Santos tratou do processo de acreditação do BNDES e da expectativa de que o Banco seja acreditado no próximo ano. Raphael Stein apresentou áreas de investimento com potencial para a atuação do BNDES junto ao GCF.

Sônia Regina Bittencourt apresentou o primeiro projeto de readiness do Brasil - Technology Needs Assessment for the Implementation of Climate Action Plans in Brazil (TNA). Falou sobre o objetivo do projeto – priorizar tecnologias de mitigação de emissão de gases de efeito estufa e estabelecer planos de ação tecnológicos (TAP) para as tecnologias priorizadas. Foram apresentadas também as atividades que serão realizadas no âmbito do projeto.

Marco Aurélio Araujo finalizou o evento falando sobre o pipeline de projetos do Brasil para o GCF. Foram apresentados alguns projetos que já estão desenvolvidos ou que estão em desenvolvimento. Foi informado que, em breve, uma versão do Programa País com o pipeline atualizado será disponibilizada no site da AND.

 

 

 

Secretário Marcello Estevão 2
Secretário de Assuntos Internacionais, Marcello Estevão (SAIN/MF).

 

 

Funbio
Fábio Leite (Funbio).

 

 

Caixa
(Da esquerda à direita) Morenno Macedo, Felipe Teles, e o Superintendente Nacional da área de Negócios de Infraestrutura e Saneamento, Fabrício de Andrade Lebeis (Caixa)

 

BNDES e Caixa 2
(Da esquerda à direita) Marco Aurélio dos Santos Araujo (SAIN/MF), Sônia Regina Bittencourt (MCTC), Vivian Machado dos Santos (BNDES) e Raphael Stein (BNDES).